A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

28/01/2019 10:01

Violência não dá trégua e mais um é executado na fronteira com Paraguai

Morte ocorreu ontem à noite em Capitán Bado; pistoleiros estavam em duas caminhonetes; mulher ficou ferida

Helio de Freitas, de Dourados
Gervásio Portilho foi morto a tiros ontem à noite em Capitán Bado (Foto: Reprodução)Gervásio Portilho foi morto a tiros ontem à noite em Capitán Bado (Foto: Reprodução)

Mais uma pessoa foi executada na fronteira do Paraguai com o Brasil, em Mato Grosso do Sul. A morte ocorreu na noite de ontem em Capitán Bado, cidade vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande.

A violência aumentou na região nas últimas semanas e a polícia paraguaia atribui os crimes à guerra travada pelas quadrilhas para assumir o cotrole do tráfico de drogas e de armas.

A vítima dessa vez foi o paraguaio Gervásio Nuñez Portilho, 22, que seguia pela rua com a mulher, Maria Espinola, 22, quando foi atacado por pistoleiros em duas caminhonetes. A mulher também foi ferida e está internada, mas fora de perigo.

Segundo a polícia, as vítimas estavam na avenida que divide Capitán Bado de Coronel Sapucaia quando os pistoleiros chegaram em uma Toyota Hilux prata e numa Mitsubishi preta. Armados com pistolas 9 milímetros, os bandidos dispararam vários tiros no casal e fugiram em seguida.

Portilho morreu no local e a mulher foi levada para o hospital da cidade, onde está internada. Ele era irmão de uma assistente da Promotoria de Justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions