A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

16/08/2017 18:52

Vistos pela última vez em abordagem do DOF, irmãos estão desaparecidos

Polícia Militar instaurou inquérito administrativo para apurar o que aconteceu em abordagem

Guilherme Henri
Momento em que rapazes desaparecidos são abordados por quatro militares do DOF (Foto: Reprodução/ Vídeo)Momento em que rapazes desaparecidos são abordados por quatro militares do DOF (Foto: Reprodução/ Vídeo)

Vistos pela última vez em uma abordagem do DOF (Departamento de Operações da Fronteira), na fronteira entre Ponta Porã e Paraguai, os irmãos Rodney Campos dos Santos, 27 anos, e Edney Bruno Ortiz Amorim, 20 anos, estão desaparecidos desde sábado (12).

A família registrou o desaparecimento ontem (15). Segundo uma prima, que preferiu ter a identidade preservada, os dois saíram de carro, um Golf, de cor preta e não avisaram aonde iam.

“Desde então eles estão desaparecidos. Já percorremos hospitais e delegacias. O carro era do pai deles e ontem tivemos acesso a um vídeo em que os dois aparecem em uma abordagem de policiais militares do DOF”, revela.

Ainda segundo a prima, os pais dos rapazes, após verem o vídeo preferiram não comentar sobre o caso. “Sei que meu tio está cobrando providências da polícia”, adianta.

Ficha – Rodney tem passagens por tráfico de drogas e estava em liberdade condicional. Já seu irmão não tem passagens pela polícia.

Vídeo - O Campo Grande News teve acesso as imagens e nelas é possível ver que a abordagem é realizada por quatro policiais.

Os irmãos estão vestidos com camisetas vermelhas e um deles está próximo ao porta malas, com as mãos na cabeça enquanto um policial o revista. Neste momento é possível ver que o jovem entrega algo ao militar.

Simultaneamente outro policial pede para que o irmão erga sua camiseta, o que é acatado pelo rapaz. Já os outros policiais vistoriam o veículo em que os jovens estavam.

Investigação – De acordo com a assessoria de comunicação do DOF, um inquérito militar para apurar o que aconteceu durante a abordagem foi instaurado.

Os militares envolvidos na abordagem serão ouvidos e durante as investigações pode ser que sejam afastados de suas funções.

A reportagem tentou contato com o delegado regional de Ponta Porã, no entanto, até a publicação desta matéria não tinha sido atendida.

Veja o vídeo da abordagem:




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions