A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/12/2015 09:20

Volta a chover forte na cidade, com 66 milímetros em três horas

Precipitação acumulada em dezembro chega a 132 milímetros em dez dias, 75% do volume histórico para o mês, segundo a Embrapa

Helio de Freitas, de Dourados
Chuva desta quinta-feira chegou a 66mm até 8h30 (Foto: Eliel Oliveira)Chuva desta quinta-feira chegou a 66mm até 8h30 (Foto: Eliel Oliveira)

Chove forte na manhã desta quinta-feira (10) em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. De acordo com a estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, a chuva começou durante a madrugada e em três horas a precipitação chegou a 66,6 milímetros – 66,6 litros de água por metro quadrado.

Com a chuva desta quinta, o volume em dez dias chega a 132 milímetros, 75% do total de precipitação normalmente registrado em dezembro, que é de 176mm. A tendência é que a região tenha o terceiro mês consecutivo de chuvas recordes.

Ruas da área central e avenidas que cortam os bairros, como a Hayel Bon Faker, ficaram alagadas nesta manhã, mas o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil não tinham recebido até 8h30 nenhum chamado por causa de inundações.

O comandante da Guarda Municipal e coordenador da Defesa Civil, Vicente Chencarek, informou que apesar do grande volume, a chuva foi gradual, sem pancadas extremas, o que facilita o escoamento da água.

Chuva histórica – De acordo com a Embrapa, a influência do fenômeno El Ninõ continua forte na região sul de Mato Grosso do Sul. Novembro foi o mais chuvoso na série histórica de 37 anos da estação agrometeorológica instalada em Dourados.

Foram 326 milímetros em Dourados, mais que o dobro da média do mês – 143mm. Houve 18 dias chuvosos e a maior precipitação foi de 76mm, no dia 2 de novembro.

Com base nos registros de estações meteorológicas da Embrapa em Dourados e Rio Brilhante e do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os pesquisadores afiram que apesar da grande variação, novembro foi chuvoso em toda região sul de Mato Grosso do Sul.

Sete Quedas teve 482mm de chuva, Amambai 420mm, Itaquiraí 421mm, Juti 315mm, Ponta Porã 303mm, Rio Brilhante 286mm, Bela Vista 249mm, Jardim 176mm e Maracaju 145mm. Sete Quedas foi o município com maior índice pluviométrico, enquanto em Maracaju ocorreu a menor quantidade de chuva no mês passado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions