A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

17/01/2011 09:07

Enquete: Internautas são contrários à restrição do direito do policial de atirar

Aline Queiroz

Dos 6.855 leitores que votaram, 74.46% se disseram contrários à medida do Governo Federal

A maioria dos internautas que votou na enquete feita pelo Campo Grande News na semana passada é contrária à restrição do direito dos policiais de atirar contra suspeitos em fuga.

Dos 6.855 leitores que votaram, 74.46% se disseram contrários à medida do Governo Federal que restringe o direito dos policiais de atirar em suspeitos.

A nova consulta, desta semana, está no ar e você já pode dar sua opinião.

O que você pensa sobre a paralisação dos agentes de saúde no período de mais risco de epidemia de dengue?

As duas respostas a ser escolhidas são:

- Sou a favor, pois eles têm direito de reivindicar.

- Sou contra, pois a população é quem sai prejudicada.

Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


Em tudo é sempre a população quem sofre as maiores consequências. Mas é difícil dizer quem de fato é o culpado. Temos de ser honestos suficientemente para adimitir que sempre alguém procura manipular nossa opinião e isentar-se de responsabilidades. Se por um lado há o problema emergencial de saúde pública, e para ser sincero diante das carências médicas de nossa população é um fato constante o ano inteiro, e não em um período específico, por outro é necessário que nossos profissionais sejam melhor remunerados, pois é notória a pouca valorização, pricincipalmente salarial, que da-se a essa gente.
Mas, ao invés de se procurar resolver as questões de modo coerente e maduro, transacionando interesses e procurando atender reivindicações na medida do possível e com boa vontade, é muito mais fácil colocar sobre alguém ou de uma categoria a pecha de vilão, como se tais profissionais não tivessem coração e sensibilidade humanos. Como se fosses piratas a procura somente de "tesouros", e que somente ganhar quantias vultosas fosse sua ambição.
Nos esquecemos facilmente dos postulados básicos de uma sociedade democrática, como pressuõe-se a brasileira, e que a dignidade humana é ou deveria ser sua mais teimosa busca. E quando falamos de dignidade falamos de melhores salários também.
É errado deixar de atender ao povo em suas necessidades, mas de igual modo é errado deixar de atender uma categoria em suas reivindicações legítimas.
Cumpramos a Constituição!
 
José Antonio em 17/01/2011 10:36:19
A POLICIA NÃO PODE ATIRAR MAIS O BANDIDO PODE TIRAR A VIDA DE UM PAI DE FAMILIA QUE ESTA ALI PARA MANTER A SEGURANÇA DA POPULAÇÃO O GOVERNO TEM QUE DAR PODER DE FOGO PARA AS POLICIAS PRA INIBIR A BANDIDAGEM DEPOIS QUE FICAR IGUAL AO RIO DE JANEIRO AI JA É TARDE DEMAIS? CADE OS DIREITOS HUMANOS PARA O PAI DE FAMILIA?
 
FRANCISCO DE ASSIS DIAS em 17/01/2011 09:52:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions