A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/05/2008 11:01

Investigado, Ari Artuzi quer colaborar com a polícia

Redação

Mesmo após ser colocado como suspeito pela polícia, o deputado Ari Artuzi (PDT) disse que está disposto a colaborar com as investigações. Ele afirmou que fará o exame que for necessário para provar que foi vítima de um atentado.

O ex-vereador Jorginho Dauzacker, que dirigia o carro na noite de segunda-feira passada, teve que passar por um exame residuográfico (para verificar se há sinais de pólvora nas mãos), após denúncia de que o caso teria sido forjado.

Um parente do vereador, chamado Ramão, também teve que passar pelo mesmo exame. A polícia ainda não requisitou a Artuzi para passar pelo mesmo exame.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions