A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/01/2016 08:27

IPC-S acumula alta de 10,53% em 2015

Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve variação de 0,88% na última medição de dezembro, acumulando alta de 10,53% no período entre janeiro e dezembro de 2015. De acordo com o levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), a tarifa de energia elétrica foi o item que mais influenciou a inflação ao longo do ano, com reajuste de 49,43%.

Na última apuração de 2015, quatro dos oito grupos pesquisados apresentaram queda, com destaque para transportes (0,8% ante uma alta de 1,09%). Entre os itens que mais contribuíram para esse resultado está a gasolina, que passou de 2,23% para 1,35%.

Também diminuiu a intensidade de aumento nos grupos habitação (de 0,48% para 0,37%), com a tarifa de energia passando de 1,25% para 0,6%; educação, leitura e recreação (de 1,04% para 0,80%) influenciada pelos ingressos em salas de espetáculo (de 1,81% para 1,5%) e comunicação (de 0,13% para 0,10%), sob o efeito da mensalidade de TV a cabo que passou de 0,76% para 0,42%.

Em sentido oposto, ocorreram avanços, em índices superiores aos registrados na terceira prévia de dezembro, nos seguintes grupos: alimentação (de 1,67% para 1,75%), puxado pela alimentação fora de casa (de 06,% para 0,77%); vestuário (0,61% para 1,01%), com elevação das roupas em 1,2% ante 0,6%; despesas diversas (0,32% para 0,42%), com destaque para a tarifa postal (de 3,08% para 5,96%) e saúde e cuidados pessoais (0,66% para 0,67%). Neste último, o que mais pesou foi o salão de beleza (de 0,64% para 0,88%).

Os cinco itens com reflexo de alta sobre o IPC-S no fechamento do ano foram: refeições em bares e restaurantes (0,6%); gasolina (1,35%); tomate (13,3%) tarifa de táxi (8,72%) e plano e seguro de saúde (1,03%. Já os itens que mais ajudaram a conter a inflação foram: manga (-4,86%); computador e periféricos (-0,45%); alface (-1,59%); automóvel usado (-0,16%) e geladeira e freezer (-0,43%).

Com projeção de 10,8%, inflação não chegava a dois dígitos desde 2002
Os consumidores enfrentaram em 2015 um forte aumento dos preços, principalmente os administrados pelo governo, como energia elétrica, gasolina, gás, ...
Inflação deve chegar a 10,8% este ano e a 6,2% em 2016
A inflação, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), este ano vai chegar a dois dígitos e passar longe do teto da meta de 6,...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions