A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/07/2009 09:38

Iphan destina R$ 1,5 mi para reformar prédio para a UFMS

Redação

O Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) vai destinar R$ 1,5 milhão para recuperação do prédio da alfândega de Corumbá que depois será entregue à UFMS para a instalação de novos cursos. A notícia é do senador Delcídio do Amaral (PT/MS), que esteve em contato com o presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida.

Segundo ele, há meses a restauração do prédio era negociada. "Os recursos vão permitir a realização das obras necessárias a adaptar o imóvel para a

instalação de salas de aula e laboratórios. A idéia da UFMS é implantar ali cursos de Música, Artes Plásticas e Educação Física", revelou.

A alfândega foi fechada na década de 60 e desde então o prédio vinha deteriorando. Delcídio observa que a restauração dá sequência ao processo de recuperação da região do Porto Geral, uma das mais importantes e bonitas de Corumbá.

Delcídio também conversou com a direção do IPHAN sobre o PAC das Cidades Históricas, no qual Corumbá está incluída, a ser lançado pelo presidente Lula em agosto. "Estamos viabilizando junto à Eletrobras recursos do Programa Reluz para embutir toda a rede elétrica na região do Porto Geral, de modo a permitir melhor visualização do casario. O projeto

prevê também a instalação de refletores que valorizarão a beleza das fachadas", adiantou o senador.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions