A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/01/2009 10:29

Italianos presos por tráfico de mulheres deixarão MS

Redação

Presos durante a Operação Corona, os italianos Giuseppe Ammirabille, Salvatore Borrelli, Paolo Balzano e Vito Francesco Ferrante, deixarão o Presídio Federal de Campo Grande, onde cumprem pena desde julho de 2007. Acusados de integrar um esquema de tráfico de mulheres, eles serão transferidos para a penitenciária do Rio Grande do Norte.

A Justiça acatou parecer do MPF (Ministério Público Federal), que apontava irregularidades na remoção dos italianos a Mato Grosso do Sul. No entender do Ministério, a transferência foi feita com base em prova secreta, jamais revelada a nenhum desembargador do TRF-5, nem exibida ao MPF em segundo grau.

A data para a transferência ainda não foi divulgada. Trata-se de uma operação sigilosa por questões de segurança.

Os italianos foram condenados pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte, em dezembro de 2006, pelos crimes de tráfico internacional e interno de pessoas, manutenção de casa de prostituição, porte ilegal de armas, crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de capital e falsidade ideológica. A quadrilha foi denunciada pelo MPF, por meio da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte (PR/RN).

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions