A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/12/2010 16:39

JBS/Bertin doa equipamento para os Bombeiros como parte de acordo com o MPT

Ricardo Campos Jr.

Ministério encontrou irregularidades trabalhistas na empresa

O frigorífico JBS/Bertin doou equipamentos de respiração para o 1° Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul com parte do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado com o MPT (Ministério Público do Trabalho) em função de irregularidades encontradas no frigorífico.

Segundo informações da assessoria de imprensa do MPt, o equipamento doado custou R$ 300 mil, no entanto, o frigorífico comprometeu-se a destinar R$1,5 milhões em prol de entidades sul-mato-grossenses.

O TAC foi firmado em função de irregularidades na jornada de trabalho e na segurança dos empregados do frigorífico. Em fevereiro de 2008, houve vazamento de gás amônia nas dependências da unidade de Campo Grande

Os aparelhos que compõem o equipamento são os mais modernos existentes e a corporação de MS é a primeira no Brasil a contar com essa tecnologia que foi desenvolvida na Alemanha após o desabamento das torres gêmeas do Word Trade Center, em Nova Iorque, que ocasionou a morte de muitos bombeiros nas operações de socorro.

O conjunto é composto pelo equipamento de proteção respiratória PSS 7000, um modem acoplado e uma estação de controle chamada PSS Merlin. A unidade móvel também faz recarga de cilindros de mergulho.

O Coronel de Paula, do Corpo de Bombeiros de MS, explica que a unidade autônoma de ar respirável tem um modem que faz leituras e informa a quantidade de ar e emite sinal visual e sonoro informando quando há imobilidade da pessoa que está utilizando o equipamento. A estação também informa se houve algum acidente.

O procurador do Trabalho Odracir Juares Hecht, autor do TAC, os equipamentos representam significativo avanço para a melhoria das condições de trabalho dos bombeiros no combate a incêndios e em situação de grande desgaste físico.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


A Empresa JBS/BERTIN, deveria tabém, reparar os danos causados aos funcionários que estavam presentes no dia do vazamento do gás e que foram demitidos após terem entrado com uma ação indenizatória na Justiça do Trabaho. Ação esta que já teve sua sentença em 1º grau e da qual, discaradamente, a empresa recorreu.
 
Marcus Silva em 10/12/2010 06:52:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions