A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/05/2009 12:30

Juiz acaba com sigilo sobre morte de Dudu

Redação

O juiz da 2ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida e do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, determinou o fim do sigilo no processo do assassinato de Luiz Eduardo Martins Gonçalves, ocorrido no Jardim das Hortênsias.

O magistrado considerou que os envolvidos, o ex-padrasto do menino, José Aparecido Bispo da Silva, o Cido, e Holly Lee de Souza, são maiores de idade, depois de aceitar denúncia feita pelo Ministério Público por homicídio doloso contra Cido e Holly.

Além deles, a Delegacia Especializada de Infância e da Juventude (Deaij) constatou o envolvimento de mais três adolescentes no crime. Dudu foi morto no dia 22 de dezembro de 2007. Conforme a Polícia Civil, o menino foi torturado e espancado até a morte. O corpo foi enterrado próximo de um clube na região do Jardim das Hortênsias. A polícia descobriu ossos no local e aguarda o resultado da perícia para confirmar se são de Dudu.

Duas pessoas presas pelos policiais, José Carlos da Silva, o Nego, e Maria de Fátima Leandro Azevedo, a Marlene, foram liberados pela Justiça no dia 30 do mês passado. Segundo a delegada Maria de Lourdes Cano, titular da Deaij, esclareceu que Nego foi solto porque não foi encontrado, até o momento, nenhuma prova do seu envolvimento no crime. Ele é considerado elemento de informação sobre o crime.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions