ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Juiz federal nega liminar e mantém concurso do TJ/MS

Por Redação | 18/09/2009 12:42

O juiz da 2ª Vara Federal de Campo Grande, Ronaldo José da Silva, negou, há pouco, o pedido de liminar para suspender o concurso para o provimento de cargos do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Ele manteve as provas previstas para domingo, no período da manhã e da tarde, que serão feitas por aproximadamente 28,8 mil. Ele não acatou o pedido feito pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) e pelo Ministério Público Estadual, para suspender o concurso público do Poder Judiciário.

A ação civil pública foi impetrada na terça-feira contra o certame, porque não foi respeitado a determinação legal para a reserva de vagas para portadores de deficiência.

O Ismac (Instituto Sul-mato-grossense dos Cegos Florisvaldo Vargas) afirmou que houve violação dos princípios da igualdade de oportunidade. Os portadores de deficiência são obrigados a se submeteram a avaliação prévia pela Junta Médica Oficial para se inscreverem no concurso.