A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

21/06/2009 15:38

Juíza viaja e adia análise de liberdade de pesquisadores

Redação

A juíza titular da Vara Federal em Corumbá viajou e só deve retornar na terça-feira, o que causou o adiamento do julgamento do pedido de habeas corpus dos pesquisadores americanos Mark Andrew, Kelly Michael Went e Michael Mathew McGlue, presos quando extraiam mineral no Pantanal.

Enquanto aguarda a análise do pedido de liberdade, o advogado Roberto Lins já entrou em contato com duas universidades dos Estados Unidos, que participam da pesquisa, e com o Consulado norte-americano em São Paulo.

Há pouco, ao deixar o prédio da Polícia Federal em Corumbá, o advogado destacou que continua esperando a análise do pedido de liberdade pela Justiça Federal. Enquanto isso, ele vem buscando a documentação para comprovar a pesquisa feita pelos pesquisadores.

Eles foram presos junto com dois pesquisadores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) quando retiravam minerais do solo da Serra do Amolar, em Corumbá.

OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) anunciou hoje (22) um novo recurso, com pedido de decisão liminar (provisória), a fim de interromper a taxa ext...
Sisu: matrícula e lista de espera começam hoje
Começa hoje (22) o prazo de matrícula para os estudantes selecionados no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). O resultado está disponível na página d...
Operação do Exército apreende 51 armas de fogo e 2,3 mil munições
Realizada pela 9ª Região Militar do Exército Brasileiro, a operação Alta Pressão VI resultou na apreensão, ao longo de três dias, de 51 armas de fogo...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions