A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/11/2009 15:53

Juízes pedem para que OAB não seja evasiva ao criticar

Redação

A Amamsul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul) reagiu às críticas feitas pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional sul-mato-grossense) e pediu para a entidade não ser "evasiva" nos adjetivos.

A entidade dos magistrados saiu em defesa do juiz titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Carlos Alberto Garcete, que multou o advogado Carlos Magno Couto, por ter faltado à audiência do acidente na Via Parque, que resultou na morte de dois jovens e em ferimentos em outros dois.

Após a multa e o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negar liminar para suspender a penalidade, a OAB/MS fez uma sessão de desagravo a Couto. Na ocasião, diversos advogados proferiram críticas aos juízes.

Conselho - Em nota, os magistrados chegam a fazer sugestões aos advogados nas próximas críticas aos juízes. "Para finalizar, a Amamsul sugere à OAB que não mais se socorra em generalidades e evasivas para criticar a magistratura diante de atritos envolvendo juízes e advogados, situação que se tem repetido", aconselhou. "

E ainda desafia à ordem para apontar os juízes faltosos e relapsos. "Não use as expressões vagamente em discursos proferidos durante solenidades de desagravo", recomendou, sobre o ato realizado na entidade em defesa de Couto.

Defesa

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions