ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Julgado hoje bombeiro acusado de assassinato na Capital

Por Redação | 15/09/2009 11:36

Está sendo julgado nesta terça-feira no Tribunal do Júri do Fórum de Campo Grande o bombeiro da reserva, Vilmar Gomes Pereira, 49 anos. Ele é acusado de matar Carlos Alexandre Macena, outubro de 2003, em uma estrada vicinal, próximo ao clube Lagoa Rica.

De acordo com informações da ação penal, Alexandre, que era conhecido como "Paraguai", era suspeito de vários roubos e furtos na região dos bairros Panorama e Noroeste.

No dia do crime, Vilmar, o também bombeiro Daniel Gomes da Silva e o policial civil Irineu Louveira, descobriram onde o suspeito estava e o levaram para a estrada vicinal, onde aconteceu o assassinato.

Ao ser interrogado pela Justiça, em dezembro de 2004, Vilmar disse que o tiro foi acidental, conforme consta no processo. "... confessa que realmente foi o autor do disparo que matou a vítima, contudo, alega que o fez de forma acidental, pois, não tinha a intenção de matar quem quer que seja".

Alexandre morreu atingido por um tiro no rosto. O júri de Vilmar já havia sido adiado por pelo menos três vezes.