A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/10/2010 10:29

Justiça dá prazo para invasores deixarem residencial

Redação

As família que invadiram casas da Agehab (Agência Estadual de Habitação) no residencial Iguatemi, em Campo Grande, têm prazo de dez dias para deixar os imóveis.

Acompanhado por quatro funcionários da Agehab, um oficial de justiça levou as notificações aos invasores nesta quarta-feira. Muitos se recusaram a assinar o documento.

Porém, receberam a explicação de que com ou sem assinatura a notificação é válida. A decisão para a saída das famílias é do juiz Fernando Paes de Campos, da 5ª Vara de Fazenda. Segundo César Cardoso, funcionário da Agehab, 50 casas foram invadidas. O residencial tem 139 imóveis.

Diante da decisão judicial, as famílias já planejam ocupar um terreno baldio próximo às casas. "Se a polícia tirar [a gente] daqui, vamos para o matagal ao lado", afirma Thamisia do Nascimento, de 22 anos. Ela relata que morava de aluguel no bairro Tarsila do Amaral, vizinho ao Iguatemi.

Thamisia conta que é assistente administrativo, mas passou por uma cirurgia na mão e não pode trabalhar. Ela mora com dois filhos e o marido na casa invadida.

Em geral, as famílias denunciam que muitos dos que receberam casa não precisam, de fato, da moradia. Com 139 casas, o residencial foi inaugurado no último dia 9 de setembro. A invasão aconteceu 11 dias depois.

"Deram para gente que não precisa de casa", reclama Crislaine dos Santos, de 17 anos. Após saber por um primo sobre a invasão, ela e o marido ocuparam uma casa. O casal morava de aluguel no bairro Nova Lima. Algumas das casas invadidas contam com móveis e eletrodomésticos, como sofá, geladeira e televisão.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions