A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/07/2009 16:27

Justiça determina 'devolução' de presos para o RJ

Redação

A Justiça Federal determinou a 'devolução' para o Rio de Janeiro de dois presos que estão desde outubro do ano passo na Penitenciária Federal de Campo Grande.

O juiz da 5ª Vara da Justiça Federal, Dalton Igor Kita Conrado, determinou que Adair Marlon Duarte, o "Aldair da Mangueira", e Ronaldo Pinto Lima Silva, o "Ronaldinho Tabajara", sejam transferidos imediatamente.

A decisão do juiz é de 28 de junho, mas o Depen (Departamento Penitenciário Nacional) foi oficiado nessa quarta-feira (29). Agora, cabe ao órgão fazer a transferência.

Aldair e Ronaldo são acusados de matar o tenente-coronel PM José Roberto do Amaral Lourenço, diretor da penitenciária Bangu 3.

Após o assassinato, o governo do Rio anunciou a suspeita de que o crime havia sido encomendado por Fernandinho Beira-Mar, de dentro do presídio federal de Campo Grande, justamente para onde os supostos comparsar foram trazidos.

O tenente-coronel foi executado no carro, próximo da Avenida Brasil, uma das mais movimentadas da cidade, com mais de 60 tiros.

Aldair da Mangueira esteve no Rio nesta quinta-feira para prestar depoimento no Fórum de Bangu, onde responde a processo por uso de documento falso, mas nesta sexta-feira voltar para Campo Grande.

O juiz da Vara de Execuções Penais Fluminense afirmou a telejornais cariocas que vai recorrer da decisão de Mato Grosso do Sul. O argumento será o mesmo que foi usado para a impedir a transferência de outros três presos que cumprem pena em Catanduvas, no Paraná: Isaías Costa Rodrigues, o Isaías do Borel; Marco Antônio Firmino da Silva, o My Thor; e Ricardo de Castro Lima, o Fu da Mineira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions