A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/08/2009 08:59

Justiça manda Anhanguera suspender cursos à distância

Redação

Após ação civil movida pelo Ministério Público Federal, a 15ª Vara da Justiça Federal de São Paulo concedeu liminar obrigando a Anhanguera Educacional S/A cursos a distância que estariam supostamente irregulares.

Além disso, terá que veicular contrapropaganda sobre a modalidade de ensino utilizada, segundo reportagem publicada pelo jornal o Estado de São Paulo.

Por meio de nota a Anhanguera informou que vai recorrer da decisão, que a liminar "ocorreu sem que a instituição tivesse oportunidade de se manifestar" e que a Uniderp está "devidamente credenciada pelo MEC".

Já o MPF alegou na ação que cursos a distância estariam sem autorização no Ministério da Educação. "Eles criaram uma modalidade de ensino que não existe. Estão oferecendo cursos presenciais quando, na verdade, se trata de ensino a distância. Isso ocorreu em cerca de dez cidades", disse ao Estado de São Paulo o advogado Dave Prada, especializado em Direito Educacional.

As denúncias partiram dos estudantes durante oito meses. Uma das instituições investigadas é a Universidade Para o Desenvolvimento do Estado da Região do Pantanal, em Campo Grande, comprada pelo grupo em 2007. Segundo o advogado, sem saber, os alunos estariam cursando a Uniderp, de Mato Grosso do Sul, a partir de um dos polos de ensino a distância da Anhanguera.

Procurado por acadêmicos, recentemente o Campo Grande News mostrou a situação crítica dos alunos que são obrigados a assistir aulas em salas superlotadas e muitas vezes em pé. Um vídeo gravado por acadêmico comprova a denúncia. Após a divulgação vários outros alunos se manifestaram.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions