A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/03/2010 13:05

Justiça proíbe contratação de professor sem concurso

Redação

O juiz José Domingues Filho determinou à prefeitura de Dourados que priorize a contratação de professores concursados. Ele acatou parcialmente pedido feito em ação civil pública pelo promotor de Defesa do Patrimônio Público, Paulo Cezar Zeni.

O MPE (Ministério Público Estadual) pretendia acabar com a contratação de professores temporários no município. "Foi constatado que somente no primeiro semestre do ano de 2009, ocorreram 991 contratações temporárias de professores para rede municipal de Dourados, das quais 316 se referem à contratação de professores temporários para ocupar vagas puras", justificou o promotor.

Vagas puras devem ser preenchidas por concurso, já que não se trata de cargo vago temporariamente pelo titular. O juiz determinou que o município só poderá convocar os temporários se não tiver nenhum aprovado para ser nomeado.

O promotor alegou que existe uma fila de aprovados aguardando a contratação pelo poder público em Dourados.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions