A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/05/2010 13:29

Laudo confirma morte de adolescente por overdose

Redação

Laudo necroscópico entregue ontem (18) ao delegado Wellington de Oliveira, do 4ª Distrito de Polícia da Capital, confirmou a morte da adolescente Jéssica Brandão de Lima, de 17 anos, ocorrida na madrugada de 25 de abril, por overdose. O pai será indiciado por tráfico, já que a droga estava na casa da família, e namorado por homicídio culposo.

Assinado pelo perito Alcindo Queiroz Júnior, o documento aponta como causa técnica da morte uma asfixia fisiológica e isquemia de rim, causados pela falta de oxigenação provocada pela grande quantidade de droga que ela consumiu.

O namorado da garota, Adriano Costa e Silva, de 25 anos, foi preso após o crime. Na versão da família da adolescente, ela havia sido espancada porque tinha manchas vermelhas pelo corpo.

Já o laudo aponta que as manchas "hipostáticas" foram causadas pela gravidade sobre o acúmulo de sangue em determinadas partes do corpo.

A espuma branca que havia na boca da jovem, assim como a mancha vermelha nos olhos, também é decorrente da overdose, de acordo com o resultado do exame. O laudo apontou ainda que ela não teve infarto nem outros agravantes.

Na casa da adolescente foram encontradas 68 gramas de cocaína. De acordo com o delegado do caso, 1,2 gramas já é quantia suficiente para causar overdose em alguém que não faz uso contínuo da droga.

Na versão do namorado preso, os dois haviam "cheirado" mais de dez porções de cocaína no dia em que ela morreu.

O pai da garota confirmou que ela era usuária de drogas há pelo menos seis meses.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions