A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/08/2012 23:40

Liminar impede que ponto de policiais federais seja cortado no Estado

Nyelder Rodrigues

O corte do ponto de serviço dos policiais federais de Mato Grosso do Sul foi anulado na noite desta sexta-feira (24), após liminar judicial expedida pela 6ª Vara Civil de Campo Grande.

A ação foi movida pela Sinpef-MS (Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso do Sul), que considera arbitrária decisão do Governo Federal em cortar o ponto dos servidores em greve.

Além de reajuste salarial, os policiais federais cobram mais investimentos na infraestrutura da Polícia Federal.

Greve - Uma assembleia realizada nesta sexta-feira (24) também definiu que os policiais devem continuar com a greve, que acontece desde o dia 15.

Um número simbólico de profissionais continua trabalhando para atender o que determina a legislação. Na próxima quarta-feira (29), acontece outra reunião entre os servidores da PF para definir se vão continuar com a manifestação.

Planejamento quer encerrar negociação com grevistas até segunda
A intenção é encerrar reuniões para que o ministério possa redigir proposta de lei orçamentária anualO Ministério do Planejamento quer concluir acor...
Descontos com corte de ponto de servidores em greve chegam a R$ 20,7 milhões
O corte de ponto determinado pelo governo federal atingiu 11.495 servidores que paralisaram as atividades no mês de julho. O número equivale a cerca ...


Apoio a greve dos PF..só nós policiais sabemos o quanto é perigoso e estressante essa vida de não ter certeza da volta para casa ao final do plantão, defendemos a coletividade com a nossa própria vida...é por isso e por outras que, no mínimo, merecíamos salários que dignificassem nossa profissão, não perante a sociedade, mas perante nossa família...salários dignos.....Paulo - PC/MS.
 
Paulo Ciltrão em 25/08/2012 06:55:05
Prezado leitor.

Esclareço que Delegados e Peritos não estão em greve com os Agentes, Escrivães e Papiloscopistas. Estamos reivindicando há cerca de tres anos a reestruturação salarial e da carreira de nível superior com o governo federal. Essa distorção está reconhecida com a publicação no caderno 57 MPOG e publicada em DOU.
Não desejamos reajuste linear.
Jorge Caldas
Presidente SINPEF-MS
 
jorge caldas em 25/08/2012 06:50:10
Prezados leitores,
Esclareço que Delegados e Peritos não estão em greve conforme noticiado.
A greve é dos Escrivães, Papiloscopistas e Agentes de Polícia Federal que lutam pela reestruturação salarial e da carreira de nível superior no DPF.
Discutimos com o governo federal há cerca de tres anos a correção da distorção do nível superior, publicada em Diário Oficial da União e no caderno 57 MPOG.
 
Jorge Caldas (Presidente SINPEF-MS) em 25/08/2012 06:40:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions