A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/12/2010 16:26

Mãe de "novo filho" de Ronaldo é de Dourados e tia mora em Campo Grande

Angela Kempfer e Viviane Oliveira

Ronaldo reconheceu o menino, 5 anos após relacionamento com Michele

Michele e o filho Alex, hoje vivendo em São Paulo. (Veja SP)Michele e o filho Alex, hoje vivendo em São Paulo. (Veja SP)

Michele Umezu, de 28 anos, mãe do “mais novo” filho do atacante Ronaldo Fenômeno, é douradense.

Depois de ter o reconhecimento oficializado pela Justiça, a sul-mato-grossense concedeu entrevista aos jornais nacionais, sobre a gravidez e o primeiro contato com o jogador, depois dele tornar publica a paternidade .

Ela contou que aos 13 anos deixou Dourados, cidade de grande colônia japonesa, para tentar a carreira de modelo no Japão. Logo, a família foi viver em São Paulo.

Ramona Umezu, tia de Michele, ainda mora em Campo Grande, no Jardim Vitória. Segundo ela, a sobrinha entra em contato com frequência, por telefone ou envia e-mail. "Na última vez que ela esteve aqui, no ano passado, disse que logo, logo, todo mundo ia saber que o menino é filho do Ronaldo", lembra.

O garoto Alexander, de 5 anos, é fruto de um relacionamento rápido, em Tóquio, no Japão, quando Michele trabalhava como garçonete, em 2004.

O menino foi registrado assim que nasceu pelo namorado da mãe, um operador da Bolsa de Valores, mas quando tinha 8 meses, o cabelo encaracolado levanto suspeitas sobre o verdadeiro pai.

“Quando via a foto do Ronald pela internet, meu filho achava que a pessoa do retrato era ele”, disse Michele à revista Veja.

Já à revista de fofocas Quem, a jovem disse que o menino “sabe há muito tempo quem é o pai biológico dele, que mora no Brasil, joga futebol. Às vezes ele pergunta, eu mostro fotos, ele mesmo se acha parecido. Uma vez ele me disse ‘quando crescer, vou ser como meu pai brasileiro’. Mostro fotos do irmão (falando de Ronald) e o próprio Alex fala ‘sou eu’“.

Michele conheceu Ronaldo quando ele ainda jogava no Real Madrid e era casado com a apresentadora Daniela Cicarelli.

Ela garante que na época havia terminado relacionamento com um namorado americano e que depois de se afastar de Ronaldo voltou a se encontrar com o mesmo homem. O casal então se mudou para Singapura e menos de 1 mês e meio depois, Michele descobriu que estava grávida.

Mas o exame de DNA só foi solicitado ao jogador quando Alex tinha 2 anos de idade. Os advogados de Ronaldo conseguiram protelar o teste, mas acabou obrigado a fazer.

Michele e Ronaldo em 2004, em noite de Tóquio. Michele e Ronaldo em 2004, em noite de Tóquio.

Vitória - Em abril deste ano, Michele resolveu morar em São Paulo, por conta da briga judicial pelo reconhecimento da paternidade.

No início do mês, o jogador reconheceu o menino como filho, depois de receber o resultado do DNA. Segundo Michele, reencontrar Ronaldo foi momento de tensão.

“Havia apenas o Ronaldo, eu com meu filho, o médico da clínica e nossos advogados. Estava nervosa, com medo de ele tratar o Alex de forma ruim ou algo do tipo. Mas isso não aconteceu. Eles se olharam, se reconheceram e se abraçaram. Foi muito bonito. Fiquei aliviada”, comentou.

Hoje , a douradense continua no Brasil, é especializada em desenhar sobrancelhas e fazer maquiagem definitiva e garante que está a procura de emprego em um salão de beleza.

“Moro com a minha mãe, meu filho e a família da minha irmã Joyce nos fundos da casa de uma amiga. Durmo no chão. Meu filho já chorou de saudade da nossa casa em Singapura, que tinha piscina e ficava num condomínio bacana. Morávamos lá com o John”, lembra, sobre o namorado americano que deixou no exterior.

Ronaldo recebeu a citação judicial três dias antes de sua reestreia no Corinthians e da festa que fez ao lado de Bia Antony em São Paulo para comemorar seus 33 anos. O jogador já é pai de Ronald, de 9 anos, e Maria Sophia, de 1 ano e 11 meses e Maria Alice, de 8 meses, ambas do atual casamento, com Bia Antony.

Ele conheceu Alex na terça-feira passada e disse ue vai apresentá-lo à mãe, à mulher e aos outros filhos no próximo dia 19, quando a filha Maria Sophia comemorará 2 anos, em uma casa de festas em São Paulo.

A ideia é levá-lo para passar as férias em St. Barths, no Caribe. "Ele fala português com sotaque inglês, porque estudou em escolas internacionais em Singapura. Não importa como vem; filho é sempre uma bênção, uma alegria. Esse foi um ano especial. No lado profissional, gostaria de ter me machucado menos, mas ano que vem a gente vai dar muitas alegrias para a torcida. No lado pessoal, foi maravilhoso", disse Ronaldo ao jornal "O Dia".

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


MICHELE E MINHA AMIGA DE INFANCIA . PARABENS OLHA ONDE ELA FOI PARA TENHO MUITA SAUDADE DELA .PERDI O CONTATO COM ELA A MUITO TEMPO QUEM SABE EU A ENCONTRE. DEUS TE ABENCOE!!!
 
ADNA PAULA MEDEIROS RODRIGUES em 06/01/2011 01:20:32
Não dá nem pra negar, o menino é a cara dele e do Ronald, mas precisa de amparo, o menino e a mãe.
 
Nilsa Carla em 14/12/2010 08:23:44
RONALDO VC FZ UM PAPEL MUITO BONITO ISSO SEMPRE MOSTRANDO QUE VC É E SEMPRE SERA NOSSO FENOMENO....
 
RENATA TATIANE MORLEI MENDES em 14/12/2010 08:04:52
Ele já amparou. Rssss.
 
Paulo Gonçalves Lima em 13/12/2010 06:06:01
Tdo mto bonito, mas precisa amparar a mãe do menino...assumir responsabilidades...
 
Luiz Alberto Guimares em 13/12/2010 04:55:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions