A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/08/2012 08:18

Maioria apoia veto a uso de aparelhos pessoais por alunos para acessar internet nas escolas

Aline dos Santos

A maioria dos leitores aprova o projeto de lei que proíbe o aluno de usar equipamentos pessoais para acessar internet nas escolas.

A proposta tem o apoio de 68.81% dos participantes da enquete do Campo Grande News. Já 31,19% são contrários à proibição.

Nesta semana, a enquete é para saber a opinião dos leitores sobre a proposta da associação dos delegados de Polícia Civil de que passe a ser exigida carteira da OAB para esses profissionais.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


A maioria é sem noção. O internet é algo bem util inclusive para as aulas, e como a Maysa cita, o uso é estimulado em outros paises. Se a escola coloca roteador, tem o total controle sobre o que pode ser acessado (pode bloquear Facebook, Orkut,...) e inclusive poderia controlar os horarios com sinal por exemplo. Sendo assim, permitir o uso de equipamentos proprios na escola estimula a curiosidade.
 
Marcos da Silva em 20/08/2012 10:16:25
Lamentável.
Os professores deveriam ter formação adequada para saber lidar com essa questão. Enquanto outros países utilizam projetos como o BYOD (Bring your on device), em português, traga seu próprio dispositivo, que incentiva que os alunos tragam seus dispositivos eletrônicos para a sala de aula, o Brasil proíbe.
 
Maysa Bueno em 20/08/2012 09:39:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions