A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

27/03/2013 20:05

Mais duas mortes causadas pela dengue são confirmadas no MS

Uma das mortes foi em Campo Grande, que já somam 10 mortes. A outra foi em Dois Irmãos do Buriti

Nyelder Rodrigues
Grande foco da dengue, água parada pode ficar acumulada inclusive nos telhados de prédios abandonados (Foto: Luciano Muta/Arquivo)Grande foco da dengue, água parada pode ficar acumulada inclusive nos telhados de prédios abandonados (Foto: Luciano Muta/Arquivo)

Mais duas mortes por dengue foram confirmadas em Mato Grosso do Sul pela Secretaria de Estado de Saúde, conforme o boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (27).

Os óbitos foram em Campo Grande e Dois Irmãos do Buriti. Ao todo, agora são 22 mortes confirmadas em 2013, e apenas uma em Aquidauana ainda está sob investigação, enquanto outras 11 foram descartadas.

De 1º de janeiro até o dia 23 de março, foram notificados 73.846 casos suspeitos de dengue no Estado. Com relação ao último boletim, com registros até o último dia 16, houve aumento de 3.489 notificações.

Agora, o município de Nova Alvorada do Sul é o líder de incidência, com índice de 7.602,3 casos por cada 100 mil habitantes. Em segundo vem Rochedo, com índice de 7.562,3, enquanto Douradina e Naviraí aparecem logo atrás, com respectivamente 6.798,4 e 6.558,8.

Apenas Paranhos apresenta incidência considerada baixa, com 55,9, enquanto outros sete municípios estão com incidência média – entre 100 e 300 casos a cada 100 mil habitantes – e 71 estão com índice alto, acima de 300. A média de incidência no Estado é de 2.975.

Em Campo Grande, nono município com maior índice (5.071,8), foram notificados 40.384 casos suspeitos da doença até o último dia 23. Além disso, das 22 mortes, 10 delas foram na Capital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions