A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/09/2009 09:41

Maníaco da Cruz pode ser condenado por ameaçar 4 jovens

Redação

O rapaz que ficou conhecido como "Maníaco da Cruz" pode ser condenado também por ameaça a quatro jovens.

O garoto já foi sentenciado por dois assassinatos: do pedreiro Catalino Cardena, 33 anos, e da frentista Letícia das Neves, 22 anos. Todos crimes ocorridos em 2008, em Rio Brilhante, cidade que fica a 160 quilômetros de Campo Grande.

Agora, o rapaz está perto de receber a sentença pelas ameaças. De acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), ele responde por ameaça a quatro jovens que abordou com o intuito de matá-las, mas durante a conversa, desistiu, no entanto, as ameaçou.

A representação foi encaminhada pelo MPE à Justiça em dezembro do ano passado. Agora, o caso já retornou ao MPE para as alegações finais. Depois, volta à Justiça e em seguida segue à Defensoria Pública, que está na defesa do "maníaco da cruz".

Após as alegações da acusação e da defesa, o juiz profere a sentença. A previsão é que o caso seja encerrado em dois meses.

O garoto, que na época dos crimes tinha 16 anos, recebeu a pena máxima para adolescentes, pelos dois assassinatos: três anos de apreensão. No entanto, ele pode ficar recolhido até os 21 anos.

O jovem recebeu o "apelido" de "maníaco da cruz" porque após cometer os assassinatos, deixava as vítimas em posição de cruz. Os crimes aconteceram em julho, agosto e outubro do ano passado. Em setembro houve tentativas.

O "maníaco da cruz" foi preso na casa dele, três dias após matar a estudante Gleice Kelly da Silva, 13 anos. Ele também responde a processo por essa morte. Com ele a Polícia encontrou a faca usada nos crimes, roupas e objetos das vítimas.

O garoto confessou o crime.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions