A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/11/2011 19:12

Duas faculdades de enfermagem em MS obtêm nota baixa em avaliação do MEC

Fabiano Arruda, com informações da Agência Brasil

Instituições têm um ano para cumprir termo de saneamento de deficiências e melhorar a qualidade da oferta

Duas faculdades de enfermagem de Mato Grosso do Sul obtiveram resultados insatisfatórios, nota 1 ou 2, no CPC (Conceito Preliminar de Curso) de 2010, indicador do MEC (Ministério da Educação), que afere a qualidade da oferta do ensino numa escala que vai de 0 a 5, conforme despachos publicados na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União.

A FAFS (Faculdade de Administração de Fátima do Sul) teve CPC em 2010 de 1,89 e oferece 40 vagas anuais.

Já a Fava (Faculdade Vale do Aporé), que fica no município de Cassilândia, obteve CPC em 2010 de 1,79 e também oferece 40 vagas do curso por ano.

As instituições de ensino terão o prazo de um ano para cumprir um termo de saneamento de deficiências e melhorar a qualidade da oferta. Após esse período, o MEC faz uma nova avaliação para verificar o cumprimento das exigências. Os cursos sob supervisão que estejam com pedidos de recredenciamento em tramitação no ministério terão os processos suspensos enquanto durar a medida cautelar.

Segundo o despacho, para “garantia de continuidade dos cursos, com o corte das vagas anuais, se o número de vagas foi inferior a 40, houve ajuste para esse limite”. Com isto, nos casos das duas instituições do Estado, as vagas não serão reduzidas.

O corte anunciado pelo MEC atingiu 3.968 vagas em 148 cursos de enfermagem, odontologia e farmácia no País e faz parte do processo de supervisão pelo qual passarão esses cursos em função dos resultados considerados insuficientes.

A maior redução foi na área de enfermagem: menos 2.572 vagas. Vinte cursos de odontologia foram afetados totalizando uma redução de 307 vagas. Em farmácia, as medidas atingem 40 graduações e reduzem 1.107 vagas.

O ministério pretende suspender até o fim do ano 50 mil vagas em graduações na área da saúde, ciências contábeis e administração que tiveram resultado insatisfatório nas avaliações de 2009 ou 2010. Na avaliação do ano passado, 594 dos 4.143 cursos avaliados tiveram CPC 1 ou 2. A nota 3 é considera satisfatória e os CPCs 4 e 5 indicam que o curso é de boa qualidade.

A reportagem do Campo Grande News acionou a FAFS e a Fava por telefone, porém, não conseguiu contato.



Gostaria de parabenizar os alunos, ex-alunos e os colegas professores do curso de Graduação em Enfermagem da UFMS pela nota máxima no ENADE - O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes.

Coisas boas também merecem divulgação.

Atenciosamente,
Sandra
 
Sandra Freitas em 29/11/2011 07:28:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions