A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/12/2010 08:52

MEC pode ter chamado alunos a mais para refazer Enem

Jorge Almoas

O MEC (Ministério da Educação) afirmou ontem que pode ter convocado alunos que não tem direito para refazer a prova do Enem, que causou transtornos por conta de problemas no preenchimento de cartão de respostas e questões invertidas. A nova prova será aplicada na quarta (15) e quinta-feira (16).

Em Mato Grosso do Sul, a nova prova será aplicada nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Deodápolis, Dourados, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Verde e Três Lagoas.

De acordo com o MEC, o problema na convocação de alunos a mais pode ter sido por conta do preenchimento indevido da ata de sala por parte dos fiscais. O ministério usou o documento para identificar quem poderia refazer o Enem.

Em nota, o ministério afirmou que “os estudantes que, por qualquer motivo, foram convidados e não tiveram problemas com a prova amarela, ou realizaram provas de outra cor, devem simplesmente desconsiderar o convite.” Foram checadas as atas dos 116.626 locais de prova.

Têm direito a uma nova prova os candidatos que receberam provas amarelas defeituosas no primeiro dia de exame, em novembro, e não tiveram os exames substituídos. Esses cadernos vieram com questões repetidas e/ou faltantes.

Os mais de 9,5 mil alunos que têm direito a nova prova foram notificados ontem por e-mail, SMS e telegrama. Ninguém é obrigado a fazer o novo exame. Quem não comparecer terá a prova antiga corrigida. Os candidatos que precisarem poderão pegar uma declaração para justificar ausência no trabalho.



Pois é, para vocês verem a competência de uma instituição que diz que avalia a "educação" no Brasil. Pelo jeito a coisa vai de mal a pior. E a tendência é piorar.
 
Marcelo Max em 11/12/2010 11:34:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions