ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Mecânico é assassinado com cinco tiros no Itamaracá

Por Redação | 26/10/2009 13:25

O mecânico Januário dos Santos, de 51 anos, foi assassinado a tiros de pistola em frente à sua oficina, que fica na rua Engenheiro Milton Loureiro, no Jardim Itamaracá, em Campo Grande, hoje às 9h50.

Segundo boletim de ocorrência registrado acerca do caso, Januário foi atingido por cinco disparos, três no braço direito e dois no tórax.

Equipe do atendimento do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ainda tentou reanimar o homem até a chegada do médico, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

As cápsulas de pistola deflagradas foram encontradas no local do crime. Marcello Nunes Moreno, de 29 anos, foi apontado como autor dos disparos.

De acordo com a Polícia, Marcello chegou ao local e disse à vítima que aquilo era para que Januário nunca mais chamasse a polícia para ele. Em seguida efetuou os disparos.

O caso será investigado pela 4ª Delegacia de Polícia da Capital, que fica no bairro Moreninhas.

Na madrugada da última sexta-feira (23), Júlio Cesar dos Santos, de 24 anos, também foi executado no Jardim Itamaracá. Conhecido como 'Gordinho', o jovem foi encontrado morto em uma residência na rua Edson Quintino Mendes, com sete tiros.

Segundo testemunhas, quatro homens encapuzados desceram de um Vectra, invadiram a casa e efetuaram os disparos. Júlio Cesar havia saído da Penitenciária de Segurança Máxima da Capital no início deste mês.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário