A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/09/2013 09:15

Médico nega atestado a irmão de doente e é agredido a socos e chutes em hospital

Graziela Rezende

Um médico de 59 anos foi agredido a socos e chutes na noite de ontem (21), após negar a realização de um atestado médico para o irmão de um paciente, no Hospital Regional da Unimed de Três Lagoas, a 3385 quilômetros da Capital.

Segundo a Polícia, o irmão de Marlon Bertodi Ledesma estava hospitalizado e ele então solicitou o atestado ao Dr. Josino da Cunha Viana Neto, porém o médico negou, informando que não poderia fazê-lo conforme as normas do CRM (Conselho Regional de Medicina).

Marlon então passou a dizer pelos corredores que “iria bater no médico”, fato confirmado por duas testemunhas do local. E assim que a vítima saiu da sala de consulta ele caminhou em sua direção e o agrediu com um soco. Em seguida, derrubou o médico no chão e desferiu chutes.

De acordo com a Polícia, a agressão só parou quando as testemunhas disseram que entrariam em contato com a Polícia. O agressor então fugiu do local e a sua identificação foi repassada pelo pai. O fato foi registrado como lesão corporal dolosa e está sendo investigado.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


O atestado médico é prerrogativa do médico. Ninguém além do médico decide se deve ou não dar atestado a qualquer pessoa que seja!
Me admira pessoas que defendem o ato de violência. Gostaria de ver a opinião destes caso a agressão fosse contra alguém da sua família ou a si mesmo.
Hipócritas!
 
Angelo Mello em 22/09/2013 12:39:38
Quem esta defendendo o agressor, conhece as normas do Conselho Regional de Medicina ?
Se continuar essa moda de bater e incendiar médicos, vão ficar sem atestados, coitados.
 
Mirella Forti Cossignani em 22/09/2013 12:08:51
Mais absurdo que a agressão física são esses comentários....
 
Marcos Pinheiros em 22/09/2013 12:04:27
Pode ser que esse sujeito tenha sido responsável por levar o pai para o hospital e tenha que justificar sua falta ao trabalho...não sei o que ocorreu, mas dependendo do caso, se for isso que falei, o atestado é necessário, justo e indicado pelo CRM
 
Fabiano Horimoto em 22/09/2013 10:31:53
Esse doutor deveria ter fornecido o atestado médico; pois, trata-se de uma verdade, faltou boa vontade, pq o paciente é pobre e não teve como pagar por uma consulta médica.
A atitude exasperada do rapaz é perfeitamente justificável.
 
Jeanne Couto em 22/09/2013 10:27:13
Se ele estava em visita ao irmão no hospital,tem direito no atestado sim e, o médico deveria ter feito.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 22/09/2013 10:05:37
Pra trabalhar, não pode, quer atestado. Mas já para brigar, está bom que é uma beleza.
 
RODRIGO FERREIRA em 22/09/2013 09:34:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions