A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

11/01/2011 16:32

Medida que restringe uso de arma é criticada por associação de PMs

Fernanda França

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros de Mato Grosso do Sul divulgou nota hoje repudiando a portaria interministerial que estabelece diretrizes para o uso de armas de fogo por policiais.

No entendimento da entidade, as diretrizes editadas na portaria não representam grande novidade, já que estão editadas nas legislações das policias militares e “servem como base para a formação e o aperfeiçoamento profissional dos integrantes das instituições de segurança”.

“Elas fazem parte do dia-a-dia do trabalho dos policiais militares, que tem como premissa a realização do policiamento ostensivo e preventivo. Assim, para esse segmento as diretrizes são inócuas”, diz a nota.

De acordo com a Associação de Cabos e Soldados de Mato Grosso do Sul, a maioria dos integrantes das instituições de segurança publica dos Estados “pauta suas atividades obedecendo aos princípios da legalidade, necessidade, proporcionalidade, moderação e conveniência no uso da força policial contra bandidos, grupos armados e quadrilhas, que ameaçam a ordem pública, o patrimônio e o direito de ir e vir dos brasileiros”.

Mesmo assim, os policiais respondem por seus atos quando se envolvem em ocorrências em que são considerados culpados pela morte de algum indivíduo.

“Estranhamente a portaria afirma que as instituições de segurança pública devem utilizar em suas atividades de rotina armas e equipamento de menor potencial ofensivo, como gás de pimenta, bastões Tonfa, coletes à prova de bala, munição de borracha, e a pistola Taser, que paralisa o criminoso”, continua a nota de repúdio.

A associação afirma ainda que, em vez de publicar “portaria irrelevante”, o governo federal deveria colocar a segurança pública como prioridade administrativa.

"E essa prioridade poderia começar pela valorização do policial militar que dedica toda a sua vida a profissão sem, contudo, ganhar um salário digno, ou possuir um plano de carreira adequado”, diz o texto divulgado pela associação.



Boa tarde: Aqui no brasil a ijustiça e demais. Ate quando menores vao roubar e matar sem ser, devidamente corrigidos com leis mais rigorosas.
Nos brasileiros que trabalhamos o dia inteiro para ganhar uma micharia de salario, e ainda chegamos em nossas casas,e nao vemos nossos eletrodomestico que foi roubado por menores, que assume ser domo de boca de fumo e que tem, de 1 a 3 homicidios.
Esses tem o direitos humano para defendelos e o pai de familia quem defende. Aqui ainda querem restringir o uso de arma dos bons policiais que ainda tem no brasil.
Vamus deixar os bandidos andarem armado os POLICIAIS se escondeno, de delinguentes que os ameaçam quando eles estao fazendo o trabalho entao o POLICIAL HONESTO tem que PAGAR por atos de alguns novatos que entram na corporaçao isso q tem q ser averiguado.
 
Wilson Pereira em 13/01/2011 01:00:33
"E essa prioridade poderia começar pela valorização do policial militar que dedica toda a sua vida a profissão sem, contudo, ganhar um salário digno, ou possuir um plano de carreira adequado”. Salário digno para policiais e bombeiros, e claro um plano de carreira e o que tem que existir, pois tem CORONEL dono de BOATE que ganha as nossas custas mais de 10 mil reais, e soldados que trabalham nas ruas ganhando sequer um 10% do salario desses que não trabalham!!!!!
 
João de Deus em 12/01/2011 11:12:44
Eu que sou a favor de descriminalizar veículos apreendidos, bens de bandidos para uso da polícia para nos defender, nós cidadãos, penso que o que está se fanzendo é simplesmente dando uma carta branca para o aumento da violência.

E se quem criou uma lei absurda e ignóbil destas pensou nas estatísticas de violência, lembro que ela deve se manter. Mas as vítimas devem ser nós, cidadãos que trabalham duro para pagar impostos para estes chupins criarem estas aberrações.
 
ANTÔNIO MARCOS ALENCAR DE LIMA em 12/01/2011 09:40:45
está certissimo o governo, pois nao podemos matar ninguem, o responspavel por nossas vidas é o senhor jesus, nos policiais precisamos é da biblia sagrada e nao armas
 
jasmim da costa milagra em 12/01/2011 07:52:54
- Ja sei, não pode algemar, não pode sacar armas... Que tal usar um buquê de rosas para oferecer aos bandidos? ESTAPAFURDIA, essa é a nomenclatura dessa lei que proibe o uso da força por parte dos policiais, mas isso é enquanto a vitima não for parente do autor da lei, depois isso muda. Se o policial usar a força, as ONGs de direitos humanos aparecem na hora, mas se for ao contrario ninguém aparece para defender o policial. Onde vamos parar? Bandido é Bandido e Policia é Policia e é assim que tem de ser, antes de ser um policial, que sejam os bandidos a levar a pior. Vamos copiar o Rio de Janeiro e a coisa vai ficar boa por aqui também. E antes de vedar uso de armas vamos remunerar melhor nossos policiais, militares, civis ou federais. E Vamos reverter os veículos pegos com drogas para as forças policiais, mas isso com urgência, sem burocracia. Como diria o Saudoso Edgar Lopes de Faria, Saúde aos Policiais Ficha Limpa e que Deus proteja suas familias.
 
Josue Ratier de Souza em 12/01/2011 07:13:27
Concordo com essa portaria que "restringe" o uso de armas pela PRF e PF. Acho que esses valorosos policiais tem que fazer as abordagens apresentando buquês de rosas, e não armas. ``E demais prá mim, vou dormir, boa noite!!!
 
MARCELLO MENDES em 11/01/2011 10:20:16
tem que restringir mesmo pois tem muito policial se sentindo o DEUS DO PEDAÇO ao carregar uma arma. PARABÉNS A QUE TEVE A FELIZ IDÉIA DE FAZER RESTRIÇÕES. POLICIAL RECLAMA DE MAIS ENQUANTO TEM GENTE POR AÍ DESEMPREGADO: TEM GENTE QUE CHORA DE BARRIGA CHEIA. PALHAÇADA.
 
MARIVALDO ABDIAS DA SILVA em 11/01/2011 10:07:42
Só faltou incluir nesta portaría uma BIBLIA e um TERÇO para os policiais usar no caso de não conseguirem correr diante de uma situação de perigo com bandidos armados até os dentes e decididos a matar como sempre fazem. Aos eleitores que votaram nesta turma que aí está e que criaram esse absurdo, uma pergunta, era isso mesmo que vocês queriam ???
 
Antonio Mazeica em 11/01/2011 10:06:55
É arbitrário e deixa os policiais em desvantagem pois os bandidos vão continuar a usar armas de fogo e na sua maioria de uso restrito...
 
rogerio ribeiro em 11/01/2011 10:06:33
no Brasil cria-se leis para dar direitos aos bandidos e deveres aos que trabalham. A policia deveria ser mais valorizada.
 
marta carnavel em 11/01/2011 09:34:04
nao pode algemar, nao pode utilizar arma, DEIXA OS BANDIDOS TOMAR CONTA ENTAO.
 
jose carlos em 11/01/2011 05:32:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions