A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

18/11/2009 14:30

Menino baleado está no CTI; avô não corre risco de morte

Redação

O menino Rogério, de apenas dois anos, que foi baleado nesta manhã após uma discussão no trânsito, está internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa, em Campo Grande.

A criança sofreu uma parada cardíaca, enquanto era submetida a cirurgia, após ser atingido por um tiro no pescoço.

O avô de Rogério, João Afonso Pedra, de 52 anos, que também foi atingido por um disparo no pescoço, está na Santa Casa, mas segundo o hospital não corre risco de morte.

O autor dos disparos é Agnaldo Ferreira Gonçalves, de 60 anos, dono do jornal O Independente. Depois atirar contra a caminhonete em que estavam Rogério e o avô, ele informou apenas ser jornalista e fugiu do local.

Depois disso, Agnaldo apresentou-se à Polícia Civil. Ele presta depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) nesta tarde.

Briga - O avô e o neto, de apenas dois anos, estavam em uma caminhonete L-200, que era conduzia pelo filho do pecuarista. Agnaldo, que efetuou, os disparos conduzia um veículo Fox de cor preta.

Segundo um irmão de João Afonso, que não quis se identificar, a caminhonete conduzida por seu sobrinho fechou o Fox, no cruzamento da avenida Mato Grosso com a Ernesto Geisel. Neste momento, os dois motoristas teriam iniciado uma discussão, depois seguiram seus trajetos.

Contudo, ao passar pelo cruzamento com a rua Rui Barbosa, o condutor do Fox jogou o carro para cima de outro e disparou quatro tiros contra o vidro dianteiro da caminhonete.

Foram atingidos o pecuarista, que estava no banco do passageiro na frente, e o neto dele, que estava no banco de trás.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions