A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/06/2008 09:51

Menino perde parte da mão com bomba em sala de aula

Redação

César Siqueira Júnior, 11 anos, perdeu parte da mão esquerda ao explodir uma bomba na sala de aula em que estuda, na manhã desta terça-feira em Alcinópolis, cidade que fica a 392 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com João da Silva Souza, diretor-adjunto da Escola Municipal Alcindo Carneiro, houve um estrondo na sala e muita fumaça. Pensando que tivesse ocorrido algum problema com o ventilador ou lâmpada, a professora pediu para que os 30 alunos saíssem da sala.

A professora então percebeu que César, que sentava no fundo da sala, estava sangrando. Sendo então verificado que ele havia explodido uma bomba.

Sangue e pedaços de carne e osso ficaram na sala e até no teto. A bomba é do tamanho de um pincel atômico e segundo a irmã de César, que tem 15 anos, foi comprada pelo pai.

O menino ficou sem três dedos da mão esquerda e parte do polegar, sobrando apenas o dedinho. Há ferimentos ainda até perto do punho, conforme informações do hospital municipal, para onde ele foi levado por professores da escola.

Após atendimento no hospital, o estudante foi transferido para Santa Casa. O pai dele está junto. A mãe está bastante abalada.

A irmã do menino contou à direção da escola que o pai comprou a bomba para espantar pássaros da horta que possui na fazenda. Ela disse ainda que o pai explicou os danos causados pela bomba e que não era para nenhum deles pega-las.

Conforme o diretor-adjunto, os educadores acreditam que César tenha acendido a bomba e depois se arrependido e a fechado na mão.

O diretor-adjunto explicou que todos os estudantes da escola foram reunidos no pátio e receberam orientações sobre os perigos de se manusear uma bomba. A escola também pretende fazer uma campanha para que os pais não comprem este tipo de bomba, para nenhuma finalidade.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions