ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Mesmo que seja recapturado, não há lugar em MS para Maníaco da Cruz

Por Nadyenka Castro, Paula Maciulevicius e Helton Verão | 04/03/2013 16:55
Dionathan. Bem diferente de quando foi apreendido. Em 2008 ele tinha cabelos compridos e estava mais magro.
Dionathan. Bem diferente de quando foi apreendido. Em 2008 ele tinha cabelos compridos e estava mais magro.

O governo do Estado ainda não sabe onde internar Dionathan Celestrino, de 20 anos, o Maníaco da Cruz, caso ele seja encontrado. O rapaz estava apreendido desde outubro de 2008, condenado por três assassinatos naquele ano, em Rio Brilhante, e nesse domingo fugiu da Unei (Unidade Educacional de Internação), em Ponta Porã.

“Quando ele voltar [ser recapturado] tem que ver se ele vai ficar na Unei ou em um destino condizente a ele”, declarou o governador André Puccinelli (PMDB). O chefe do Executivo estadual disse ainda que já havia pedido vaga a Minas Gerais e ao Rio de Janeiro em centros especializados, conforme decisão judicial, mas, as respostas foram negativas.

Dionathan estava internado indevidamente desde outubro de 2011, quando deveria ter sido liberado do regime de internação após o prazo máximo de três anos estabelecido pelo ECA (Estatuto da Criança e Adolescente).

A Justiça determinou em março do ano passado a internação compulsória do rapaz em hospital psiquiátrico, mas o Estado alegou não ter local adequado para o tratamento e, com isso, manteve Dionathan na Unei.

O superintendente de Medidas Sócio-educativas, Hilton Vilassanti, explica que Dionathan tinha comportamento “excelente” e recebia visitas frequentemente da família.

“Nós temos uma dúvida: o que fazer quando for recapturado? Na Unei não pode ficar, essa é uma pergunta que a secretaria vai ter que discutir. O que fazer quando ele for recapturado?”, declarou o superintendente.

Apesar de estar internado irregularmente na Unei, Dionathan é procurado porque há decisão judicial que manda o Estado interná-lo em local especializado. Ele precisa ser encontrado por medida de segurança.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário