A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/09/2014 17:23

Ministério da Saúde libera R$ 43 mil para cirurgias eletivas no MS

Ludyney Moura

O Ministério da Saúde liberou mais de R$ 41 milhões para cirurgias eletivas em todo o país. Deste montante, R$ 43,7 mil virão para Mato Grosso do Sul, e serão usados para cirurgia de média complexidade de catarata, tratamento de varizes e retirada de amígdalas.

Serão atendidas com os recursos federais os municípios de Sidrolândia, Coxim, Costa Rica, Nova Andradina e Amambaí. Além destas, outras 249 cidades brasileiras também foram beneficiadas com o dinheiro para cirurgias eletivas.

"O objetivo é reduzir o tempo de espera para a realização dos procedimentos e, com isso, também melhorar a qualidade de vida às pessoas que aguardam pela realização de cirurgias eletivas no Sistema Único de Saúde", disse o ministro da saúde, Arthur Chioro (PT). A portaria que autoriza o repasse de verbas para cirurgias eletivas, foi publicada no Diário Oficial da União de ontem (15), e já é a terceira em 2014, totalizando R$ 195,8 milhões.

Do total recebido por Mato Grosso do Sul, R$ 10,8 mil serão utilizados nas cirurgias de catarata (componente I), R$ 6,7 mil para atendimentos nas áreas de ortopedia, otorrinolaringologia, urologia, vasculares e oftalmologia (componente II) e R$ 26,1 para procedimentos eletivos definidos pelo gestor de saúde, conforme a necessidade da região (componente III).

O ministério quer a ampliação do acesso da população ao atendimento nos Estados e municípios. Segundo Chioro, em 2013 foram realizadas mais de 2,2 milhões de cirurgias eletivas no país, ao custo de R$ 1,2 bilhão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions