A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/10/2014 08:09

Ministério da Saúde revela que exame de ebola no Brasil deu negativo

Ludyney Moura

O Ministério da Saúde informou no começa da manhã deste sábado (11) que o exame para diagnóstico etiológico do paciente suspeito de infecção pelo vírus ebola teve resultado negativo. Apesar da boa notícia, a pasta diz ainda que a confirmação só deve ocorrer após a realização de um segundo exame, que será coletado 48 horas após a primeira amostra.

De acordo com a pasta, foram executados procedimentos previstos nos protocolos internacionais da OMS (Organização Mundial de Saúde). O paciente, Souleymane Bah, recém chegado da Guiné, apresenta um estado de saúde bom e não apresenta mais febre. Ele segue internado em isolamento total no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ).

Em Mato Grosso do Sul, o secretário estadual de saúde, Antônio Lastória, revelou ao Campo Grande News que todos os Estados estão em alerta desde que a epidemia começou a se intensificar na África e se tornou foco do Ministério da Saúde. Desde a confirmação da suspeita, o Ministério da Saúde realiza teleconferências entre os 27 Estados da Federação, para avaliação de todo o aparato necessário para combater infecções pelo vírus. Lastória ressaltou que a maior preocupação era o transporte do paciente.

Amanhã (12) Bah terá novamente uma amostra de seu sangue colhido para o novo exame, que também será feito pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, que pertence à Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde. Se o caso também for descartado como ebola no segundo exame, o paciente sairá do isolamento e o sistema de vigilância dos contactantes será desmontado.

O Caso – A suspeita de contaminação com o vírus ebola aconteceu na cidade de Cascavel (PR), depois que um homem recém-chegado do continente africano deu entrada em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade com os mesmos sintomas do vírus. O homem, de 47 anos, saiu de Guiné, na África Ocidental, no dia 18 de setembro, com conexão em Marrocos, e chegou ao Brasil em 19 de setembro.

De sua chega até hoje, pelo menos 64 pessoas que tiveram contanto com o africano estão sendo acompanhadas pelas autoridades. Caso seja confirmado que o resultado seja realmente negativo, elas deixarão de ser monitoradas, o que acontece para interromper uma possível cadeia de transmissão do vírus.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions