A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/02/2012 17:37

Ministério destina R$ 150 mil a MS para combate a 'doenças neglicenciadas'

Marta Ferreira

O Ministério da Saúde anunciou hoje a liberação de R$ 25,9 milhões para ações de controle de doenças como a hanseníase e a esquistossomose, conhecidas como doenças negligenciadas. Para Mato Grosso do Sul, são R$ 150 mil.

O repasse será feito para os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, com foco em ações de vigilância epidemiológica. Além da hanseníase e da esquistossomose, estão incluídas no grupo o tracoma e a geohelmintíases.

As doenças negligenciadas são provocadas por agentes infecciosos ou parasitas e são consideradas endêmicas em populações de baixa renda. Os municípios selecionados, segundo o ministério, estão localizados em regiões consideradas endêmicas.

A pasta informou que, em 2011, os investimentos em laboratórios públicos produtores de medicamentos para assistência a doenças negligenciadas somaram R$ 54 milhões. Em 2000, o total era apenas R$ 8,8 milhões.

Na última segunda-feira (30), a OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou que as doenças negligenciadas tropicais atingem mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions