A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/10/2009 17:15

Ministro da educação define data do novo Enem na 4ª

Redação

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse hoje (4) que o novo modelo de aplicação das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverá ser apresentado na quarta-feira (7). Ele aguarda a chegada do ministro da Justiça, Tarso Genro - que está em Copenhague, na Dinamarca - para apresentar as conclusões das reuniões que terá com o comitê de Governança do Enem, amanhã, e com 55 representantes da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e 38 reitores de institutos de educação profissional e tecnológica, depois de amanhã.

Segundo o ministro, a divulgação do calendário com as medidas e providências que serão tomadas depende, ainda, da reunião com reitores para compatibilizar datas de vestibulares e concursos. Haddad apresentará as conclusões ao ministro da Justiça e só depois divulgará as datas das provas.

"Na terça-feira teremos uma reunião muito importante com o Ministério da Justiça, na qual poderemos concluir nosso diagnóstico e apresentar, na quarta-feira (7), um calendário para a prova", afirmou Haddad após participar da reunião com representantes do MEC e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) para discutir questões ligadas à logística e à segurança das informações do Enem.

"Foi cogitado, nas duas reuniões técnicas que tivemos até agora, o uso da Força Nacional, além da inteligência da Polícia Federal", acrescentou o ministro. "Se identificarmos essa necessidade, nós o faremos. Mas depois de apresentarmos o mapeamento do processo ao ministro Tarso Genro", completou.

Haddad disse, ainda, que o país foi "vítima de uma ato de delinquência" que prejudicou a vida de muitas pessoas, instituições de ensino e do governo.

A denúncia foi feita pelo jornal O Estado de São Paulo, que teria sido procurado na quarta-feira (30) por uma pessoa interessada em vender a prova por R$ 500 mil.

Requisito de entrada para pelo menos 40 universidades federais e para estudantes interessados em conquistar a bolsa do ProUni (Programa Universidade para Todos), as provas do Enem seriam aplicadas neste fim de semana para cerca de 4,5 milhões de candidatos, em 113.857 salas de 10.385 escolas diferentes.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions