A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

31/08/2010 20:35

Moradores de assentamento retêm caminhão da Enersul

Redação

Alguns moradores do Assentamento Avaré, localizado entre os municípios de Santa Rita do Pardo e Ribas do Rio Pardo, fizeram a retenção de um caminhão da Enersul (Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul), nesta tarde. A ação foi em protesto à falta de instalações elétricas em algumas das 419 moradias existentes no lugar.

De acordo com a assessoria de imprensa da Enersul, existem residências no assentamento, que, certamente não se encaixam às normas determinadas pelo comitê gestor do programa de universalização da energia. Muitas vezes, em determinados lotes, os cidadãos constroem suas casas numa distância muito longe da rede que passa pelo local.

Pelas normas do comitê, a energia pode ser ligada em residências distantes, no máximo, de 20 a 30 metros. Apesar da determinação, existem assentados que descumprem a ordem, além daqueles que moram em barracões de lona e querem ser abastecidos com energia.

Mas, segundo a assessoria de imprensa da Enersul, o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) é que gerencia os investimentos de iluminação nos assentamentos. Portanto, o órgão é o grande responsável por informar aos assentados os procedimentos para obtenção de luz.

Hoje à tarde, o motorista foi retirado de um caminhão e levado a um alojamento no assentamento. A chave e o veículo ficaram por um tempo nas mãos dos assentados.

A situação já está controlado, como informou a Enersul.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions