A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/03/2009 08:26

Morre mais uma pessoa no CTI do Hospital Universitário

Redação

Morreu à 0h50 de ontem, no CTI (Centro de Terapia Intensiva) o paciente Arlan Ortega, de 43 anos. Foi a segunda morte após descoberta de um surto da bactéria acinetobacter, que levou a direção do hospital a isolar o CTI.

A morte é confirmada no próprio hospital, que não informou detalhes sobre o caso. A reportagem do Campo Grande News procurou, por telefone, o diretor clínico Neimar Gardenal, mas foi informada de que ele está em reunião.

Na semana passada um idoso de 76 anos, morreu no CTI. Ele era um dos cinco pacientes que foram infectados, mas o hospital negou que a bactéria tenha causado sua morte, alegando quadro de insuficiência renal, agravado por doença imunológica.

Na quarta-feira passada foi informado que um dos outros quatro infectados já tinha "negativado' a bactéria, mas permanecia internado porque precisava da ajuda de aparelhos para respirar.

Foi informado que os funcionários estão adotando todas as medidas necessárias para que a bactéria não atinja outros setores do hospital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions