A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/10/2008 09:13

MPE investiga superfaturamento na compra de lombadas

Redação

A Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social e das Fundações da comarca de Campo Grande instaurou um inquérito civil para apurar possível superfaturamento de preços praticados pela Agetran (Agência Municipal de Trânsito) na aquisição de 53 lombadas eletrônicas e oito radares.

Os equipamentos foram comprados da empresa Perkons Equipamentos Eletrônicos Ltda, que desenvolve e aplica tecnologia para a segurança no trânsito.

A investigação é sobre a renovação, no dia 17 de dezembro de 2007, por 12 meses, de um contrato de R$ 17,6 milhões. A prorrogação custou R$ 3,9 milhões.

A instauração do inquérito civil leva a assinatura da Promotora de Justiça, Filomena Aparecida Depolito Fluminhan, que não foi encontrada para dar maiores detalhes sobre o assunto. Já diretor-presidente da Agetran, Carlos Alfredo Lanteri, se recusa a dar entrevista ao Campo Grande News.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions