A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/10/2009 21:46

MPF anuncia que não pedirá o adiamento do Enade

Redação

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) informou hoje (23) que não vai pedir a suspensão das provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), marcado para o dia 8 de novembro. Segundo o MPF-DF até o momento não há a comprovação de vazamento do conteúdo das provas.

O MPF/DF começou a investigar possíveis falhas na segurança do exame, após a Polícia Rodoviária Federal ter encontrado provas sendo transportadas sem lacre de segurança numa rodovia de Três Rios (RJ).

De acordo com informações do MPF, depois de um encontro com o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, o procurador da República Carlos Henrique Martins Lima declarou que não existem indícios do vazamento das provas. "O Ministério da Educação e o Ministério Público Federal concordaram que não há motivos para suspender ou cancelar o exame neste momento", afirmou o procurador.

O procurador ressaltou ainda que é preciso melhorar o sistema de segurança das provas. Segundo ele, os problemas envolvendo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Enade demonstram que o sistema é frágil. "Vamos trabalhar em conjunto com o Ministério da Educação para combater as falhas identificadas e melhorar o sistema de segurança de todas as provas realizadas pelo MEC", disse Lima.

Local - Em Mato Grosso do Sul, o acadêmico do 9º semestre do curso de Direito da Faculdade Estácio de Sá, em Campo Grande, José Luiz de Oliveira, protocolou na tarde de quinta-feira uma representação no MPF (Ministério Público Federal) para que fosse apurada a suposta fraude nas provas do Enade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions