A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

10/05/2009 12:52

MPF cobra da Funai demarcação de reservas indígenas

Redação

Nesta semana, o MPF (Ministério Público Federal) em Mato Grosso do Sul pretende encaminhar um ofício à Funai (Fundação Nacional Índio) cobrando o andamento da demarcação de terras indígenas para os Guarani Kaiowá, da região Cone Sul.

A informação é de uma entrevista do procurador Marco Antônio Delfino de Almeida, do MPF em Dourados, à Agência Brasil. Segundo ele, o prazo para os procedimentos administrativos é de até 180 dias.

Ele afirmou ainda que a Constituição de 1988 estabeleceu um prazo vencido em 1993 para o estabelecimento das demarcações em todo o país e afirmou que existe uma "atuação cosmética da Funai" na região. "Mesmo aquilo que só depende dela [a Funai], e não há qualquer impedimento judicial, está estacionado nos escaninhos da burocracia", disse.

O MPF espera a demarcação das reservas indígenas em torno das seis bacias hidrográficas da região. A delimitação das terras indígenas e a extensão das áreas dependem de estudos antropológicos a cargo da Funai.

Ainda conforme a Agência Brasil, a delimitação de novas reservas indígenas na região encabeça a pauta de reivindicações de 130 etnias que se reuniram em Brasília durante a semana no Acampamento Terra Livre, na Esplanada dos Ministérios.

"Reivindicamos do governo Lula o cumprimento do mandato constitucional de demarcar todas as terras indígenas do Brasil, mas de forma urgentíssima dos nossos irmãos Guarani Kaiowá, em Mato Grosso do Sul, submetidos há décadas a um processo vil e criminoso de marginalização, etnocídio e genocídio, nas mãos de latifundiários e distintos entes do Estado brasileiro, seja por ação ou omissão", diz a nota.

A falta de demarcação é apontada pelos índios como a causa que leva ao "confinamento" e "extermínio" dos Guarani Kaiowá.

Em MS, 196.191 condutores podem pedir CNH digital gratuitamente
Dos 1.134.551 condutores habilitados em Mato Grosso do Sul, 196.191 já possuem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com QR Code e podem solicitar...
Ladário é a primeira cidade a receber Carreta da Justiça em 2018
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi retomado nesta segunda-feira (22), c...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions