A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

02/12/2016 14:44

MS é o 6º no Brasil com mais mulheres responsáveis por famílias

Guilherme Henri
Mulheres levando seus filhos para escola em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)Mulheres levando seus filhos para escola em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)

Mato Grosso do Sul é o 6º estado brasileiro com mais mulheres que são responsáveis em constituir famílias com filhos. O ranking foi alcançado, pois entre 2004 e 2015 o percentual referente a este cenário aumentou sete vezes, saltando de 2,7% para 18,9%, da população.

Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) por meio do SIS (Síntese de Indicadores Sociais) ‘Uma análise das Condições de Vida da População Brasileira 2016’, nesta sexta-feira (2).

Conforme relatório, o primeiro colocado sobre a estatística é o estado de Roraima, com 22,9% e o último da lista é Minas Gerais com 2,7%. Em Mato Grosso do Sul, o mesmo percentual, porém quando a figura responsável é o homem quem constitui a família com filhos, caiu de 68,3% em 2004 para 50,5% no ano passado.

Ainda segundo a pesquisa, dos 818.000 arranjos com parentesco nas residências do Estado foi observado que a maioria dessas famílias optou em ter apenas um filho ou nenhum. Elas correspondem a 39% e 31% respectivamente. Já as famílias com dois ou mais de três filhos representam 21,4% e 8,4% da população.

O índice coloca Mato Grosso do Sul como o 5º maior estado brasileiro de famílias com apenas um filho e o 4º maior de arranjos familiares sem filho.

O número médio de pessoas na família no País é de 2,87. Em MS esta média é de 2,75 – 4ª menor média. Entre a maior está Amazonas 3,40.

Pesquisa - A partir de informações do IBGE e de outras fontes, como os Ministérios da Educação, da Saúde e do Trabalho, a SIS sistematiza um conjunto de informações sobre a realidade social do país, analisando os temas aspectos demográficos, famílias e arranjos, grupos populacionais específicos (crianças e adolescentes, jovens e idosos), educação, trabalho, padrão de vida e distribuição de renda e domicílios.

Arranjo - O arranjo corresponde a uma pessoa ou grupo de pessoas, ligadas ou não por laços de parentesco, que moram em uma residência particular. Considerou-se família o tipo de arranjo em que os integrantes, residentes em um mesmo domicílio, eram ligados por laços de parentesco, em grau específico, por meio de sangue, adoção ou casamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions