A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/08/2013 09:32

MS registra frio "raro" para agosto e temperatura vai cair a 0º C na quinta

Luciana Brazil
Hoje (12), na Capital, o céu está claro e a máxima prevista é de 28°C. (Marcos Ermínio)Hoje (12), na Capital, o céu está claro e a máxima prevista é de 28°C. (Marcos Ermínio)

Uma nova massa de ar polar se aproxima de Mato Grosso do Sul e as temperaturas vão despencar mais uma vez em todas as regiões. Na quinta-feira (15), a mínima prevista é de 0°C para o sul do Estado e de 4°C para a Capital, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O fenômeno de frio intenso é "raro" para o mês de agosto. 

As temperaturas devem permanecer baixas por até sete dias, conforme explica o meteorologista da Uniderp Anhanguera, Natálio Abrão. Mas segundo ele, no fim de semana o frio começa a diminuir. “Nos primeiros dias será bem intenso e as temperaturas vão esquentando com o passar do tempo”.

Apesar de o inverno ter começado em junho, o frio só foi sentido no Estado um mês depois, no dia 21 de julho. À época, uma massa de ar polar, vinda da Argentina, derrubou as temperaturas como há tempos o sul-mato-grossense não via.

Recuperados do “susto”, para muitos o pior já tinha passado. Mas a má notícia não demorou a chegar, e mais uma massa de ar polar está se aproximando do Estado. 

Natálio explica que, segundo a climatologia do Estado, o frio no mês de agosto é coisa rara em Mato Grosso do Sul. Porém, há uma explicação. “Não é um conceito exato, mas as massas se foram em um determinado período e se elas demoram a se formar, o frio virá com atraso. Foi o que aconteceu. Geralmente o friozinho começa em maio, com picos fortes em julho, mas desta vez foi diferente”.

Diante desse episódio, ele explica que as baixas temperaturas devem ser registradas até outubro, mas com intensidades amenas.

A meteorologista do Inmet, Helena Balbino, lembra que as massas de ar polar podem penetrar de forma mais continental, o que faz com que o frio alcance o interior do país. “Quando a entrada dela é mais oceânica ela chega com menor intensidade ao interior do país (Mato Grosso do Sul)”.

Para amanhã, em Campo Grande, a mínima prevista é de 17°C e máxima de 30°C. Satisfação para quem gosta do calor. Mas para o desespero de quem abomina a estação, a temperatura já começa a ter declínio na quarta-feira (14). A mínima será de 13°C e a máxima de 20°C.

Conforme o Inmet, na quinta-feira (15) a mínima será de 5°C e a máxima não passa de 20°C. Sexta-feira a máxima se eleva e pode chegar a 27°C. Já a mínima será de 9°C.

Em Dourados, na quinta-feira, a mínima será de 4°C e a máxima de 19°C. Em Nova Alvorada do Sul, a 120 km da Capital, a mínima prevista é de 5°C e a máxima de 21°C. Os ventos podem chegar a 60 km/h, o que faz a sensação térmica cair ainda mais. 

Durante a semana pode ocorrer chuva fraca em algumas regiões do Estado, como em Nova Alvorada do Sul.

Amambai foi município mais frio em MS neste domingo, com temperatura negativa
A madrugada mais fria desde domingo foi registrada em Amambai. Os moradores sofreram com -0,3ºC, segundo informações do Inmet (Instituto Nacional de ...
Com vento de até 58,3 km/h, nova onda de frio causa sensação de -8º C em MS
Acompanhada de ventos de até 58,3 km/h, a nova onda de frio derruba as temperaturas neste sábado em Mato Grosso do Sul. Em Ponta Porã, a 323 km de Ca...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions