A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/01/2008 21:39

MS terá que intensificar vacina e fazer borrifação

Redação

O Ministério da Saúde determinou o emprego de medidas para impedir a ocorrência de febre amarela em humanos em Mato Grosso do Sul após a confirmação de que uma paciente que está internada em São Paulo foi contaminada pela doença no Estado. Conforme nota do Ministério da Saúde, a vacinação no Estado será intensificada para prevenir novos casos, bem como a borrifação de veneno contra o mosquito transmissor. As autoridades sanitárias terão, ainda, que notificar de imediato os casos considerados suspeitos.

Medidas semelhantes terão que ser tomadas pelas secretarias de saúde de Goiás, Minas Gerais e Distrito Federal. De acordo com o Ministério da Saúde, todas as pessoas acima de seis meses não vacinadas, ou que tenham sido vacinadas há mais de dez anos serão imunizadas.

As pessoas que forem se deslocar para áreas de matas terão que ser vacinadas com dez dias de antecedência, o mesmo se aplica a pessoas que praticam ecoturismo e trabalhadores de regiões de matas.

Os locais considerados criadouros do mosquito aeds aegypti serão borrifados com inseticida nas áreas urbanas. O mosquito é o mesmo transmissor da dengue.

Com apoio do Ministério da Justiça, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Ministério do Turismo e Ministério das Relações Exteriores, o Ministério da Justiça deve orientar viajantes às áreas de risco sobre a vacinação.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions