A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

06/10/2016 22:31

Mulheres são maioria nas faculdades; noturno é o período com mais alunos

Nyelder Rodrigues

As mulheres são maioria nos cursos presenciais de Ensino Superior em Mato Grosso do Sul. A constatação é do Censo da Educação Superior 2015, divulgado nesta quinta-feira (6) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em Brasília (DF).

Os dados também revelam que o horário de maior preferência dos estudantes é o noturno, com a grande parte deles sendo alunos da rede privada de ensino, enquanto que na rede pública, o número de acadêmicos no período diurno está à frente.

Em Mato Grosso do Sul, dos 91.739 estudantes universitários, 51.477 são mulheres (56,11%), enquanto que 40.262 são homens (43,88%). Nas universidade públicas, a diferença é menor, com 13.607 homens e 16.299 mulheres, enquanto que nas instituições particulares as mulheres somam 35.178 estudantes, enquanto os homens são 26.655.

Quanto a preferência por horário de estudo, o que apresenta o maior saldo de alunos é o noturno, com 56.288. Entretanto, esse índice é puxado pelas faculdades privadas, com 42.602 matriculados à noite, contra 19.231 pela manhã. Já nas públicas, o a média é mais dividida, com mais alunos no período diurno - 16.220 contra 13.686 à noite.

Capital x Interior - A rede pública em Mato Grosso do Sul é a principal responsável por levar o ensino superior ao interior do Estado. Em 2015, haviam 9.709 alunos em Campo Grande, contra 20.197 espalhados pelos campi do Interior.

Já na rede privada, são 19.490 alunos no Interior, em contraponto aos 42.343 na Capital. Ao todo, Mato Grosso do Sul conta com 52.052 estudantes no nível superior em Campo Grande e 39.687 no Interior. Em ambas as redes, a preferência maior é por cursos presenciais de bacharelado, somando 69.288 alunos - contra 16.033 de licenciatura e 5.947 em cursos tecnólogos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions