A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/03/2008 10:47

Mulheres sem-terra querem também mais infra-estrutura

Redação

Além de agilidade na reforma agrária, o grupo de mulheres que está no pátio do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pede também mais infra-estrutura para os assentamentos.

De acordo com a assessora sindical da Fetagri (Federação dos Trabalhadores na Agricultura), Ana Bisneto de Moura, as mulheres reivindicam ainda melhorias na habitação rural e cestas-básicas para os acampados.

Segundo ela, as cerca de 50 mulheres que integram a Marcha das Margaridas ficam no Incra até serem atendidas. As sem-terra já entregaram uma carta com reivindicações à Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Incra e Secretaria de Estado de Saúde.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions