A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/06/2016 07:42

Mutirão carcerário vai analisar cinco mil processos no Estado

Aline dos Santos
Serão analisados processos de presos condenados. Serão analisados processos de presos condenados.

O mutirão carcerário do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) deve analisar cinco mil processos. Ontem, 32 mil processos passaram por triagem nas Varas de Execução Penal de Campo Grande. Os juízes terão até o dia 1º de julho para analisar os processos inseridos no mutirão. O prazo pode ser prorrogado por sete dias.

O diferencial nesta edição é que serão analisados os processos de presos condenados com eventual direito à comutação de pena ou indulto, que envolverá todas as Varas Criminais e de Execução Penal do Estado.

Segundo o desembargador Luiz Gonzaga, coordenador-geral da Covep (Coordenadoria das Varas de Execução Penal), o mutirão é realizado desde 2009.

“Isso tem uma importância muito grande, pois vai ser verificado todos os direitos dos presos que podem estar inseridos neste contexto, o que terá reflexo no cumprimento de pena de cada sentenciado. Por exemplo, o preso que terá direito ao indulto irá deixar a prisão e aquele que tem direito a comutação terá a sua pena final reduzida, o que contribuirá para reduzir a superlotação nos presídios”, afirma o desembargador.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions