A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/11/2010 07:46

Na Vila Olinda, maioria já viveu histórias de assalto

Redação

Na Vila Olinda, em Campo Grande, é difícil encontrar um morador ou comerciante que não tenha passado por alguma situação de violência. Na maioria dos relatos, assaltos ocorreram recentemente, o que preocupa ainda mais quem vive ou trabalha na região.

Várias são as explicações das vítimas para o problema. As respostas variam desde a presença concentrada de estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que atrairia os ladrões, até a localização do bairro, cercado por grandes avenidas que levam até vários pontos da cidade e facilitam a fuga.

Há dois meses o empresário Alexssandro Silva Souza, de 36 anos, teve o lava-jato onde funciona um correspondente Pague Fácil invadido. O prejuízo foi de R$ 9.115,00.

O ladrão chegou quando Alexssandro tinha saído para entregar um carro e o comércio já estava com as portas fechadas. Ele rendeu a mãe do proprietário e ameaçou matá-la se não entregasse o dinheiro, e fugiu em seguida. "

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions