A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/08/2008 09:18

Negociação emperra e supermercados têm de pagar extra

Redação

As negociações entre o setor laboral e patronal dos supermercados de Campo Grande estão emperradas desde abril e nesta segunda-feira o Sindicato que representa os trabalhadores emitiu uma nota alertando que enquanto não sair a convenção os estabelecimentos não podem se valer do banco de horas e têm de pagar horas-extras.

O presidente do Sindicato Patronal, Luiz Tadeu Gaedick, afirmou que não há uma orientação geral, mas acredita que a maioria dos estabelecimentos não esteja usando banco de horas. Ele afirma que a entidade prepara uma nova proposta para retomar as negociações com os trabalhadores.

A vigência da última convenção expirou em abril.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions