A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/03/2011 11:12

Operação de Carnaval da PM envolveu 80% das viaturas

Aline Queiroz e Fabiano Arruda

Restante dos carros e motos ainda estão no conserto

Em entrevista coletiva esta manhã foram divulgados os números da operação. (Foto: Simão Nogueira).Em entrevista coletiva esta manhã foram divulgados os números da operação. (Foto: Simão Nogueira).

O comandante-geral da PM (Polícia Militar), coronel Carlos Alberto David dos Santos, afirmou hoje que conseguiu colocar nas ruas de Mato Grosso do Sul 80% das viaturas que estavam quebradas às vésperas do Carnaval.

Já os outros veículos ainda estão no conserto, segundo revelou o comandante em entrevista concedida esta manhã para detalhar o resultado da ação montada no Carnaval.

“Agora falta o conserto dos casos mais graves”, completou.

Em 03 de março, dois dias antes do começo do Carnaval, o coronel revelou que havia 160 viaturas paradas.

Durante a entrevista coletiva desta manhã, o comandante enfatizou o sucesso da operação.

Houve redução da criminalidade ao longo dos cinco dias de folia, que este ano foi marcada pelas constantes chuvas.

O comandante admite que o tempo ruim contribuiu para a queda dos crimes, no entanto, acredita que o êxito da operação está diretamente ligado ao trabalho ostensivo da PM.

Durante os quatro dias do feriadão, 44 mil pessoas foram abordadas em todo o Estado.

Somente na Avenida Fernando Corrêa da Costa, onde foi realizado o Carnaval de rua de Campo Grande, foram 15 mil abordagens.

Houve redução também nos números de roubos a ônibus, de 22 para três, quando se compara o Carnaval do ano passado ao deste ano.

Roubos e furtos de veículo caíram de 31 para 19 no mesmo período.

O caso mais grave foi a morte de Taline Aquino Gomes, 19 anos, ocorrido em Fátima do Sul. Ela participava do Carnaval de rua quando acabou atingida por três disparos feitos em direção a Diego Souza Mitcov, 24 anos, que foi atingido no braço.

Termina na 4ª feira prazo para adotar cartinha e ajudar Papai Noel dos Correios
Termina na próxima quarta-feira (dia 13) o prazo para quem quiser adotar uma cartinha do projeto Papai Noel dos Correios. Os interessados devem compa...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


Está ai a prova cabal de que o investimento na segurança tem retorno garantido.
Um pouquinho mais de investimento ou a aprovação da PEC-300 é com certeza um passo gigantesco para melhorar a segurança na cidade.
E lembro que sexta passada fui à feira do Novos Estados e lá havia policiamento. Obrigado aos policiais que estiveram na região deixando a ida familiar à feira mais segura.
 
Antônio Marcos Alencar em 11/03/2011 08:52:42
NÃO FIZERAM NADA MAIS DO QUE A OBRIGAÇÃO!!!!!
SE FAZEM ALGO.....JA QUEREM ELOGIOS, AFAGOS, QUEREM GANHAR PARABÉNS E LOGO JA SE FALA EM PEC 300.....AFFF
POLICIAMENTO TEM QUE SER EXTENSIVO....PATRULHAMENTO MESMO...
MÁS TA BOM....LÁ VAI.....

P A R A B É N S !!!!!!!!

SE CONTINUAR ASSIM OS ATENDENTES DE REPARTIÇÕES VÃO QUERER ELOGIOS POR FALAREM BOM DIA AO CONTRIBUINTE.......

ADALBERTO VOCÊ ESTÁ COBERTO DE RAZÃO......
 
Gilmar candido em 11/03/2011 05:47:13
Pena que isso não seja todos os dias... mais o engraçado é que as unicas viaturas que vi no meu bairro circulando, eram as do Corpo de Bombeiros Militar. As únicas, atendendo à ocorrências. gora,... viaturas da "polícia, civil e militar"... confesso que não vi nenhuma. Isso porque moro cerca de uns 3 Km de onde houve o carnaval ...
 
Marcelo Max em 10/03/2011 11:37:21
Esquisito o comentário do adalberto. Possivelmente ele não participou dos eventos carnavalescos em Campo Grande, pois em alguns locais era evidente o reforço de pm que realmente desestimula o crime. Parabéns aos pm, nem sempre reconhecidos em seu trabalho
 
afranio jesus da fonseca em 10/03/2011 05:10:30
Acredito que o carnaval tranquilo foi mais por causa da chuva do que por policiamento reforçado. É mais do que provado que calor, feriado e dia de pagamento só traz aumento no número de ocorrências policiais. A chuva sim, animou, ou melhor, esfriou os ânimos das pessoas.
 
adalberto rebelo em 10/03/2011 04:10:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions